Cancún

Beleza das pirâmides maias próximas a Cancún

Saiba tudo sobre a beleza das pirâmides maias próximas a Cancún. Confira mais sobre isso e veja porque elas são imperdíveis para o seu roteiro de viagem na cidade. São quatro grandes sítios arqueológicos: Chichén Itzá, Tulum, Cobá e Ek Balam. Eles não ficam muito próximos a Cancún, mas, estando lá, vale a pena conferir essas maravilhas milenares.

Ruínas de Tulum no México

E depois não deixe de ver a matéria de como economizar muito na sua viagem a Cancún. É a matéria mais acessada do blog e vai ajudá-lo muito com todo o planejamento da viagem. São várias dicas imperdíveis que vão fazer você economizar MUITO (muito mesmo) e montar toda a sua viagem a Cancún.

O ideal é curtir sua estadia em Cancún e região com tempo, especialmente se você desejar conhecer as ruínas. A maioria dos turistas opta por conhecer as ruínas com as excursões das agências, que fazem passeios bate-volta no mesmo dia. Entretanto, são passeios cansativos e, geralmente, mais caros do que se você se virar por conta própria pegando ônibus ou alugando um carro e contando com o apoio dos guias locais.

Você também pode escolher algum tour, como o do grupo Xcaret, dos parques temáticos Xcaret, Xel-Há e Xplor, que promove alguns tours pelos sítios arqueológicos. Geralmente, as condições de transporte são bem melhores, sem tantas paradas e preços abusivos. Os parques temáticos em si já são uma grande diversão para toda a família em Cancún e região.

Xcaret em Cancún

O clima

O clima dessas regiões costuma ser quente e abafado, em especial no verão (junho a setembro), portanto, siga algumas dicas para não ficar em apuros, especialmente se você vai partir num slowtravel ou num mochilão pelas ruínas:

  • Roupas leves (ideal é investir em roupas com proteção UV) e calçados confortáveis (tênis para caminhada);

    Banner-Gabr
  • Bonés, chapéu, óculos escuros (com proteção UV);
  • Meias confortáveis de algodão;
  • Protetor solar, repelente de insetos, kit de primeiros socorros (a gente nunca sabe…);
  • Garrafinha d’água (sim, e sempre a reabasteça).

Hospedagem

Para conhecer Tulum e Cobá, procure se hospedar na maravilhosa Tulum. Para conhecer Chichén Itza e Ek Balam, na encantadora Valladolid. Veja algumas dicas:

Chichén Itzá

Chichén Itza foi o centro político e econômico da civilização maia. Fundada no século IV a. C e abandonada por volta de 7d.C, foi reconstruída no século X d.C até seu declínio no século XIII d.C. É o mais famoso sítio arqueológico, repleto de elementos históricos. Por lá é possível comprar artesanatos e lembranças mais baratos (exercite a arte da pechincha). Para esse sítio, o X-Caret conta com duas modalidades, o Xichen Clasico (mais barato) e o Xichen Deluxe. Reserve 2 a 3 horas para conhecer todas as atrações.

Distâncias até Chichén Itzá: Valladolid (45 km), Tulum (152 km), Mérida (152 km), Playa del Carmen (181 km) e Zona Hoteleira de Cancún (220 km).

Horário de funcionamento: 08 às 16h.

Estrutura: na entrada do sítio há restaurante, conveniência e banheiros.

O que você vai conhecer em Chichén Itza:

  • Templo de Kukulkán – Esse é um patrimônio arqueológico, portanto, ninguém pode subir nem entrar na pirâmide. Durante o equinócio de outono e da primavera (aproximadamente 20 de março e 21 de setembro) a luz solar é projetada para fora da pirâmide – a serpente emplumada de Kukulkan. Tal acontecimento atrai milhares de visitantes, mas o evento pode ser apreciado nos dias próximos anteriores e posteriores ao equinócio.

  • O observatório El Caracol.

  • O campo do jogo de pelotas.
  • O cenote sagrado – neste lugar aconteciam sacrifícios humanos – não pode entrar, apenas observar.
  • O Templo dos Guerreiros.

Chichén Itzá - Ruínas em Cancún

Ek Balam

A ocupação de Ek Balam, que significa “Jaguar negro”, é datada, aproximadamente, por volta do século IV a.C, tendo tido seu apogeu nos séculos VII e X d.C.

Ek Balam é o menor dos sítios arqueológicos e o menos visitado. Essa outra cidade murada tem construções abertas à visitação em torno de duas praças principais (sul e norte) com um campo de pelotas entre elas.

O que ver em Ek Balam?

  • O Palácio Oval.

  • A acrópole.
  • O campo de pelotas.

Curiosidade – o que era o campo de pelotas? O campo de bola mesoamericano era um jogo ancestral do futebol que conhecemos hoje, jogado ao longo de mais de 2000 anos pelos povos pré-colombianos. Era um jogo que, apesar de todos poderem jogar, inclusive mulheres e crianças, havia torneios decisivos de caráter ritualístico, inclusive para definir os destinos de reis e de prisioneiros. As bolas de borracha quicavam e o objetivo era passar a bola com os pés, sem que ela tocasse no chão e acertasse o time adversário.

Ek Balam - Ruínas em Cancún

Tulum

Tulum é um nome maia para “cidade murada” – foi fundada no século 6 d.C, e após a chegada dos espanhóis no século 16 d.C, entrou em decadência e foi abandonada. Localizada à beira-mar, a cidade era um importante porto e entreposto comercial. É o segundo sítio mais visitado da região, atrás apenas de Chichén Itzá. O tour do X-Caret combina as Ruínas de Tulum + parque Xel-Há no mesmo passeio. Suas construções são mais baixas que Chichén Itza e a vista para o mar do Caribe compensa pelas belíssimas fotos no lugar. Nesse caso, procure se hospedar na cidade de Tulum e desfrute de uns 3 dias por lá, contemplando também as praias e os cenotes.

Distâncias até as Ruínas de Tulum: da cidade de Tulum (2 km), Playa del Carmen (62 km), Valladolid (103 km) e Zona Hoteleira Cancun (133 km).

Horário de funcionamento: todos os dias das 08:00 às 17:00 (último acesso às 16:30).

Estrutura: na região do estacionamento há uma boa estrutura com lojas, restaurantes e banheiros.

O que você pode conhecer em Tulum:

  • Sítio arqueológico.

  • El Castillo.
  • Passeio de trenzinho pelas ruinas.
  • Os parques do X-Caret.
  • Os mirantes para o mar.
  • As praias – atenção com o período de desovas das tartarugas, quando a praia fica fechada.

Tulum - Ruínas em Cancún

Cobá

A maior parte da cidade foi construída em meados do período clássico da civilização maia, entre os anos de 500 e 900 d.C. Após 1000, a cidade perdeu importância política, mas conservou sua importância simbólica e religiosa, recuperando a hierarquia entre 1200 1500, quando se construíram diversos edifícios já dentro do estilo “costa oriental” até a chegada dos espanhóis, quando estava decadente e abandonada. Cobá esteve preservada pelas matas até bem pouco tempo atrás. Na realidade, boa parte da cidade ainda está preservada pelas árvores e vegetação local – o que, justamente, chama a atenção. As ruínas estão muito espalhadas, portanto, se você gosta de pedalar, considere essa opção como um plus em sua viagem. Para as Ruínas de Cobá o tour combina as Ruínas de Cobá + parque Xel-Há no mesmo passeio. Ainda há a opção do tour Ruínas de Cobá + Ruínas de Tulum. Em, aproximadamente, 2 horas você percorre tudo – desfrute.

Horário de funcionamento: Todos os dias das 08:00 às 17:00 (último acesso às 16:30).

Distâncias até as Ruínas de Cobá: Tulum (47 km), Valladolid (60 km), Playa del Carmen (110 km) e Zona Hoteleira de Cancún (145 km).

Estrutura: na entrada do sítio há lojas, restaurantes e banheiros.

O que você pode conhecer em Cobá?

  • Pirâmide de Nohoch Mul – uma pirâmide de 42 metros de altura (12 a mais que a de Chichén Itza). Nesta pirâmide você pode subir e contemplar a vista de cima!

  • Conhecer os lagos que margeiam a cidade / Percorrer as estradas pelo meio da mata e ver construções incríveis – Esses dois passeios são ideais para serem feitos de bicicleta, triciclo ou à pé mesmo!

Cobá - Ruínas em Cancún

Cancún tem inúmeras atrações para todos os gostos e idades. O Hotel Urbano garante as melhores experiências de viagem – Viva mais histórias!

Muito mais dicas de Cancún no Youtube!

Está gostando da matéria? Não deixe de visitar também o nosso canal no Youtube. Tem vários vídeos incríveis de Cancún, com muito mais dicas, para te ajudar a planejar toda a sua viagem. Se quiser, clique aqui para se inscrever no canal ou aqui para ver a playlist com todos os vídeos de Cancún. Esse vídeo é o mais assistido do canal:

Como economizar muito na viagem à Cancún

Dica importante para comprar os passeios de Cancún

Uma dica que sempre reforçamos é sobre a compra dos passeios. Existem vários lugares que vendem os passeios e nós sempre pesquisamos bastante antes de comprar. Na última viagem, nós descobrimos uma agência sensacional, que é brasileira e tem todos os passeios. Eles nos deram um suporte incrível na nossa viagem. Eles são especializados em Cancún e região e o legal é que eles assessoram você antes e durante todos os dias da sua viagem: desde dicas do que visitar conforme o roteiro que você quer fazer, até onde se hospedar com base a esse mesmo roteiro. O atendimento é realmente excelente, personalizado, em português e eles ajudam em tudo. Recolhem você no aeroporto para dar as boas vindas, acompanham você até o hotel, e estão disponíveis para qualquer imprevisto (seja emergência médica, perder algum transporte, qualquer coisa mesmo, pode ligar para eles!).  Todos os passeios que fizemos foram excelentes, com uma estrutura ótima e tudo de confiança. Foi muito melhor do que comprar por sites gringos ou lá em Cancún. Se você quiser, é só clicar aqui que você será direcionado para o site deles. Ai é só preencher seu e-mail e telefone que eles já entram em contato com você via whatsapp. Vale muito a pena!

Parque Xcaret em Cancún

Use o seu celular à vontade em Cancún

Poder usar a Internet do seu celular em Cancún vale muito a pena. Os pontos turísticos, restaurantes, shoppings e praias possuem ótimos aplicativos. Além disso, você economiza por não precisar alugar um GPS para o carro com a locadora, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e praias, ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos de Cancún nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade em Cancún. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro e em qualquer lugar. E, também poderá pesquisar tudo sobre a beleza das pirâmides maias próximas a Cancún para quando estiver lá.

Mulher usando o celular na praia

Dicas importantes para curtir muito mais sua viagem a Cancún

Agora que já demos todas as dicas sobre a beleza das pirâmides maias próximas a Cancún, veja mais algumas sugestões que vão fazer sua viagem ficar ainda melhor. Cancún é uma cidade grande e os seus pontos turísticos e praias ficam concentrados em algumas regiões, então ficar bem localizado faz toda a diferença. Se você ainda não reservou seu hotel, não deixe de ver nossa matéria de onde ficar em Cancún, com as dicas das melhores regiões e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente (e achar hotéis e resorts all inclusive em promoção).

Zona Hoteleira de Cancún

Outra dica legal é que muitas pessoas acham que não vale a pena alugar um carro em Cancún, mas tudo depende de como será sua viagem. Se for ficar no hotel todos os dias, realmente não vale. Mas, se for fazer os passeios, querer ir aos shoppings e pontos turísticos, eles são todos um pouco afastados e o carro é ótimo para se deslocar. Mesmo na zona hoteleira que tem tudo por lá, a distância entre os pontos é grande, e sem o carro você precisa pegar táxi ou ônibus público. Com o carro você tem mais conforto e liberdade, sem falar na economia, pois com o valor do transporte que vai gastar do aeroporto até o hotel e vice e versa, você já paga o aluguel de um carro por quase 5 dias. Se quiser se inteirar de todas as dicas sobre o assunto e como conseguir preços incríveis, veja nossa matéria completa de aluguel de carro em Cancún.

Serviço de aluguel de carro em viagem

Não esqueça o seguro viagem para Cancún

Outra dica é não esquecer de fazer o seguro viagem internacional para Cancún, pois ele é importantíssimo e ninguém deve sair do Brasil sem um. Se quiser, leia nossa matéria de seguro viagem para Cancún e veja dicas de como fazer um bom seguro conseguindo um preço incrível. É super barato e vale muito a pena.

Veja outras matérias legais de Cancún:

Tags: